Ir para o Conteúdo

  • aplique contraste

2022

Escolha o ano

Pinturas em telas – Projeto Aguçando as Memórias 202216/12/2022 à 31/01/2023

Pinturas em telas – Projeto Aguçando as Memórias 2022

O Museu Índia Vanuíre, com intuito de valorizar e difundir a cultura traz a exposição de pinturas em telas.

O projeto Aguçando as Memórias tem como público-alvo os idosos, seu objetivo é a valorização e a inserção destes na sociedade, reconhecendo-os como cidadãos ativos e produtores de cultura.

O Museu Índia Vanuíre proporciona aos integrantes do grupo atividades que possibilitam a convivência, tendo em vista a troca de experiências e estimula a participação do idoso no desenvolvimento de atividades educativas e culturais que proporcionam a valorização pessoal e melhoria da autoestima de cada integrante do grupo.

Exposição Temporária: “Cerâmica Terena: Preservando a Memória e a Tradição”20/12/2022 à 31/01/2023

Exposição Temporária: “Cerâmica Terena: Preservando a Memória e a Tradição”

A exposição apresenta peças produzidas pelos povos Terena, habitantes das terras indígenas Icatu, em São Paulo, e Cachoeirinha, no Mato Grosso do Sul. São objetos como panelas, jarros, moringas, esculturas, entre outros. Alguns deles já fazem parte do acervo do museu, doados ainda em 1970. Já outras obras contemporâneas da exposição foram adquiridas ao longo dos anos. Além de especificidades da cerâmica Terena, a mostra também destaca depoimentos que valorizam e retratam as relações estabelecidas a partir da história, memória, cotidiano, transmissão do conhecimento entre gerações e a manutenção da tradição, como um elo entre o passado e o presente.

A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas01/11/2022 a 11/12/2022

A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas

A exposição apresentou xx quadros de desenhos realistas pintados com grafite, capturando imagens de povos originários e retratando-os de forma natural.

A coleção representou para a artista a paixão pelo desenho e pintura com lápis preto, como também a beleza dos povos originários na sua essência, com seus adornos diários e/ou festivos, pinturas corporais e suas ações do dia-a-dia. O objetivo dessa coleção é que, com afinco, dedicação e aprendizado, qualquer pessoa pode desenvolver a habilidade de desenhar se aprimorando com o tempo nesta arte.

JUNHO: TRADIÇÃO E DEVOÇÃO16/06/2022 a 31/07/2022

JUNHO: TRADIÇÃO E DEVOÇÃO

Junho é um mês em que ocorrem festividades populares em todas as regiões do Brasil. São as festas juninas! É um período de manifestações culturais expressadas de várias formas, sobretudo na culinária, música, vestimenta, dança e religiosidade. Três santos populares são celebrados no mês junino: Santo Antônio, São João e São Pedro. A origem das festas juninas no Brasil remonta ao século XVI. Elas eram comemorações populares na Península Ibérica (Portugal e Espanha) e foram trazidas para o nosso país pelos portugueses durante o período de colonização. No início, as festas juninas tinham uma conotação muito mais religiosa, mas isso foi diminuindo com o tempo e elas foram sendo mais associadas a festejos populares e uma exaltação das raízes caipiras.

A exposição “Junho: tradição e devoção” apresenta as esculturas religiosas de Santo Antônio, São João e São Pedro – padroeiro da cidade de Tupã. Essas esculturas representam as tradições religiosas e a crença, que estão intimamente ligadas com a origem das comemorações juninas no país. A mostra traz para o visitante uma parte da cultura tradição brasileira que se expressa na fé e nos festejos juninos.

Exposição temporária “José Lanzellotti, Olhar de um artista”21/12/2021 a 01/10/2022

Exposição temporária “José Lanzellotti, Olhar de um artista”

O Museu Índia Vanuíre abriu para o público a exposição temporária “José Lanzellotti, Olhar de um artista”, uma pequena mostra de um conjunto de 120 pranchas integrantes ao acervo da instituição.

Entre as peculiaridades retratadas nos desenhos do artista, destacam-se as pinturas corporais e adornos, como os Bororo, Karajá, Kamayurá, Kayapó, Kaxinawá, Moré e Witoto.

A coleção de ilustrações de José Lanzellotti foi adquirida pelo Conselho Estadual da Cultura, em 1972, e valoriza a diversidade cultural indígena do Brasil, testemunhando a genialidade do artista e permitindo ao público conhecer aspectos culturais dos povos indígenas.

régua de logos, com a logo da acam portinari, museu índia vanuíre e brasão do estado de são paulo

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.
Governo do Estado de SP
string(0) ""