• aumente a fonte
  • diminua a fonte
  • aplique contraste

2015

Escolha o ano

Memórias da NegritudePeríodo: de 7/12/2015 a 30/12/2015

Memórias da Negritude

Em celebração à Semana dos Direitos Humanos, a exposição “Memórias da Negritude” foi realizada no Fórum da Comarca de Tupã. A mostra apresentou o papel participativo do negro, a importância da igualdade social e a democracia em um país multicultural, como o Brasil. Ainda destacou algumas celebridades brasileiras que contribuíram na construção da cultura do país e na ampliação da cidadania para todos os brasileiros.

A Presença do Movimento Negro em TupãPeríodo: de 16/11/2015 a dezembro/2015 (continua em 2016)

A Presença do Movimento Negro em Tupã

Durante a programação especial da “Consciência Negra”, a exposição foi exibida com a proposta de promover a trajetória de 10 anos da ONG União do Movimento Negro com Todos (Umont), que tem como missão preservar e fortalecer a cultura negra.

Tupã AntigaPeríodo: de 16/10/2015 a dezembro/2015 (continua em 2016)

Tupã Antiga

Em comemoração ao aniversário de Tupã, foi realizada a exposição “Tupã Antiga”. A mostra foi composta por registros fotográficos pertencentes ao acervo do Museu. São imagens de fatos e locais relevantes da cidade, que se tornaram peças na engrenagem narrativa da história do município. São objetos fundamentais para o conhecimento, compreensão e fortalecimento da memória, pois imortalizam o momento e podem ser conduzidas para outros tempos.

Coleção ColecionismoPeríodo: de 30/09/2015 a dezembro/2015 (continua em 2016)

Coleção Colecionismo

A mostra foi uma oportunidade de exibir ao público as coleções pertencentes ao acervo e que estão guardadas. São itens que despertaram a memória e a emoção dos visitantes.

Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang: de Geração em GeraçãoPeríodo: de julho a outubro/2015

Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang: de Geração em Geração

A exposição é uma autonarrativa com o intuito de promover a tradição, o processo e as técnicas de confecção da cerâmica Kaingang, valorizando o conhecimento e os fazeres dos indígenas mais velhos e sábios. Todos esses aspectos, materiais e imateriais, foram apresentados ao público através de uma mostra bilíngue (Kaingang e português) que conta com objetos, imagens fotográficas e vídeo.

Referência IndígenaPeríodo: de fevereiro a setembro/2015

Referência Indígena

O Centro de Referência Kaingang e dos Povos Indígenas no Oeste de São Paulo é um espaço do Museu, dedicado à preservação da cultura Kaingang e dos demais grupos do interior paulista: Krenak, Terena e Guarani. A exposição “Referência Indígena” apresenta ao público um panorama dos materiais preservados, com destaque aos Kaingang, residentes na região há três mil anos.

regua-de-logos-museu-india-vanuire-governo-sp

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.