Ir para o Conteúdo
  • aplique contraste

Adornos de cabelo Kaingang do Sul

De uso pessoal e feminino (para prender cabelos), mas também para comércio. Cada adorno/palito é envernizado para que dure mais e por questão de estética. Antigamente a proteção era com cera de abelha. Tradicionalmente, uma peça como essa era usada pelas mulheres como arma de defesa, onde na ponta era aplicado veneno; portavam duas ou mais dessas peças presas no cabelo em posição de “X” de forma que não se envenenassem . De acordo com a avó de Josué Carvalho (Kaingang da Terra Indígena Nonoai/RS), essas armas eram usadas contra ataques de brancos que queriam abusar das indígenas. Eram usadas também contra o roubo de mulheres por outros povos. Estas eram as armas mais poderosas das mulheres. Confeccionados pelo indígena Kaingang Francisco Salvador (Korég), da Terra Indígena Kaingang de Iraí/RS.

Fotografia de Leandro Henrique Andrade

régua de logos, com a logo da acam portinari, museu índia vanuíre e governo do estado de são paulo

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.
string(0) ""