• aplique contraste

Pesquisa com participação indígena

Publicado em: 1 de novembro de 2021

Os museus possuem três funções que são os seus pilares: preservar, pesquisar e difundir. A pesquisa é de extrema importância e serve para dar um norte para as outras duas ações, pois é a partir dela que se avalia quais informações serão comunicadas ao público, bem como a maneira adequada de preservação dos objetos. Sem a pesquisa, o museu se torna apenas um repositório, além de inviabilizar o relacionamento com a comunidade e o público.

O Museu Índia Vanuíre – instituição que tem o importante papel de preservar, valorizar e comunicar patrimônio histórico e patrimônio etnográfico indígena – possui um programa de pesquisa que tem o intuito de gerar novas informações a partir do acervo da instituição.

O programa de pesquisa trata do desenvolvimento de ações de pesquisa a partir do acervo do museu. Prioriza o estudo dos objetos musealizados – função primordial de museu, ao lado de preservação e comunicação – com o objetivo de revelar e contextualizar as informações das peças para aprofundamento da documentação, a qual subsidia as ações de conservação, interpretação e comunicação. Engloba a pesquisa curatorial, que significa o estudo de grupos de objetos para orientar ações de aquisição visando à formação de coleções representativas para determinados assuntos (PLANO MUSEOLÓGICO, 2018, p. 32).

Considerando a importância da pesquisa e do relacionamento de parceria que o Museu tem com os povos indígenas da região, iniciou-se um projeto de atualização das informações dos objetos etnográficos que compõem o acervo da instituição. Esse projeto tem o intuito de promover uma maior interação entre os povos da região e o acervo do Museu Índia Vanuíre, buscando inseri-los nos processos de pesquisa com as peças e possibilitando o enriquecimento das informações acerca de objetos concernentes a esses povos.

A pesquisa foi iniciada em setembro e teve como ponto de partida as ferramentas do povo Krenak. Lidiane Damaceno Cotui, Krenak e Vice-Cacique da Terra Indígena Vanuíre, forneceram informações importantes sobre as peças, como: materiais, uso e função. Esse será um projeto que perpassará os objetos de todos os povos indígenas do Oeste Paulista. Assim, posteriormente, serão realizadas pesquisas com os demais objetos dos povos que existem na região, trazendo o olhar desses indígenas para os registros documentais da instituição.

A exemplo de todos os outros projetos com participação indígena dentro do Museu, este busca dialogar com as terras indígenas em mais uma frente de trabalho do equipamento, promovendo um estreitamento das relações entre o Museu Índia Vanuíre e os povos indígenas da região.

MUSEU HISTÓRICO E PEDAGÓGICO ÍNDIA VANUÍRE. Plano Museológico. Brodowski: ACAM Portinari, 2018.

regua-de-logos-museu-india-vanuire-governo-sp

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.