• aumente a fonte
  • diminua a fonte
  • aplique contraste

IV EPQIM | 2015

Direitos indígenas no museu – Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão

Período

de 30 de junho a 2 de julho de 2015

Local

Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre

Para os museus, a ausência de legislação específica e normativas se torna preocupante para aqueles que se dedicam cotidianamente à musealização das culturas indígenas, os próprios índios e profissionais de museus. Apesar de lacunas ou ausência de suporte legal ou ético, o museu deve buscar a regularização da tomada de registros e a entrada desses nos museus, assim como construir uma normalização para o sistema documental da instituição, para avançar na relação museologia e museografia, museu e culturas indígenas.

É exatamente no ponto de cruzamento entre o quê e como deve ser feito, as interpretações possíveis (nem sempre cabíveis ao museu) e as impossibilidades de fundamentos que os eventos IV Encontro Paulista Questões Indígenas e Museus e o V Seminário Museus, Identidades e Patrimônios Culturais se colocaram. Foram discutidos os direitos de personalidade, autoral e de imagem para os povos indígenas na relação com os museus. Com isso foi possível avançar, no debate, mas na prática museal, intervindo em outras esferas de atuação da preservação e comunicação patrimonial nas quais os índios participam e são respeitados. O IV Encontro Paulista Questões Indígenas e Museus e o V Seminário Museus, Identidades e Patrimônios Culturais tiveram como objetivos:

  • Discutir aspectos relativos à aquisição de coleções indígenas que venham a colaborar com a formulação de políticas públicas e institucionais;
  • Apontar procedimentos para a gestão documental de coleções oriundas de grupos indígenas contemporâneas;
  • Ver formas de correção e atualização de documentação de outros momentos passado;
  • Rediscutir a representação dos indígenas em exposições.

Os objetivos tiveram o propósito de um debate entre profissionais de museus, antropólogos e indígenas do Centro Oeste de São Paulo e outros interessados. Tais objetivos só puderam ser alcançados a partir dessas participações, levando-se em consideração que antigos procedimentos museais devem ser superados, assim como aspectos que comprometem as relações entre indígenas e não indígenas quanto ao uso de conhecimento em pesquisas, exposições e outras formas. Os temas abaixo são focos dos eventos:

  • Museus, indígenas e Direitos da personalidade e autoral
  • Museus, acesso à informação e as culturas indígenas
  • A antropologia e os indígenas
  • A museologia e os indígenas
  • A visão dos indígenas sobre representações e narrativas de si nos museus

Programação

30 de Junho

Credenciamento

Boas-vindas e abertura dos trabalhos

Entrada no tema: Políticas institucionais

Angelica Fabbri e Luiz Antonio Bergamo (ACAM Portinari), e Maria Cristina Oliveira Bruno (Museu de Arqueologia e Etnologia da USP).

Conferência de abertura – Tema: Direitos Indígenas – contextos nacional e internacional

Marcio Santilli (Instituto Socioambiental). Coordenação: Marília Xavier Cury.

Mesa redonda – Tema: As questões dos direitos, direitos indígenas e dos deveres do museu

Guilherme Carboni (Cesnik Quintino e Salinas Advogados), José Carlos Levinho (Museu do Índio, Funai), Renata Vieira da Motta (UPPM-SEC – Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico). Coordenação: Sandra Maria Christiani de La Torre Lacerda Campos (Museu de Arqueologia e Etnologia – MAE-USP).

Mesa redonda – Tema: Os indígenas e o museu, os indígenas no museu, museus indígenas

Suzana Primo dos Santos (Museu Paraense Emilio Goeldi), Leandro da Cruz Silva (Projeto Xingu, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo – Unifesp, SPDM/Saúde Indígena), Alexandre Oliveira Gomes (Universidade Federal de Pernambuco -UFPE); Davidson Panis Kaseker (Grupo Técnico do Sistema Estadual de Museus – SISEM-SP). Coordenação: Carla Gibertoni Carneiro (Museu de Arqueologia e Etnologia – MAE-USP).

Abertura da exposição temporária “Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang – De Geração em Geração”

Apresentação cultural – Grupo Kaingang da T.I. Vanuíre.

1° de Julho

Palestra – Título: Política, representação e diálogo nos Museus da Civilização: Primeiros Povos e Museologia Indígena em Quebec

Jean Tanguay (Museu da Civilização, Quebec). Coordenação: Angelica Fabbri (ACAM Portinari).

Mesa redonda – Tema: Pesquisa, pesquisadores e indígenas

Juliana Dal Ponte Tiveron (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – USP), Aramis Luis Silva (Universidade Federal de São Paulo – Unifesp) e Laércio Fidélis Dias (Universidade Estadual Paulista – Unesp). Coordenação: Josué Carvalho (Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG).

Encontro de Professores-pesquisadores Indígenas do Oeste de São Paulo

Tema: A pesquisa na escola indígena e o papel dos museus

Professores indígenas das T.I.s Icatu, Vanuíre e Araribá: Adriano Cesar Rodrigues Campos, Carlos Roberto Indubrasil, Edilene Pedro, Lícia Victor e Marcio Pedro (Escola Estadual Indígena Índia Maria Rosa, T.I. Icatu); Valdenice Cardoso Vaiti, Lidiane Damaceno Cotuí, Rosemeire Barbosa Dias e Vagner Cecílio Damaceno (Escola Estadual Indígena Índia Vanuíre, T.I. Vanuíre); Creiles Onório Marcolino da Silva Nunes, Claudino Marcolino, Cleidenilson Alves Marcolino, Genilson Alves Marcolino, Jederson Marcolino Simão dos Santos, Moisés de Lima Camargo, Samuel de Oliveira Honório, Tiago de Oliveira, Vanessa Cristina Feliciano e Vanderson Lourenço (Escola Estadual Indígena Aldeia Nimuendaju); David Henrique da Silva Pereira, Edileine da Silva Pereira e Valéria Erika da Silva Pereira (Escola Estadual Indígena Aldeia Ekeruá); Constantino Jorge da Silva, e Lucilene de Melo, T.I. Vanuíre. Coordenação: Josué Carvalho (Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG).

Mesa redonda – Tema: Indígenas nos museus – as visões das culturas

Adriano Cesar Rodrigues Campos, Carlos Roberto Indubrasil, Edilene Pedro,  Lícia Victor e Marcio Pedro (Escola Estadual Indígena Índia Maria Rosa, T.I. Icatu); Lidiane Damaceno e Valdenice Cardoso Vaiti (Escola Estadual Indígena Índia Vanuíre, T.I. Vanuíre); Ana Paula Victor Campos, Adriana Victor Campos Rodrigues, Bruna Pedro, Camila Vaiti P. da Silva, Cândido Mariano Elias, Ranulfo de Camiloe Ronaldo Iaiti (T.I. Icatu); José da Silva Calmpos, Kaingang, Constantino Jorge da Silva, Dirce Jorge Lipu Pereira, Kaingang, Lucilene de Melo, Kaingang (T.I. Vanuíre). Coordenação: Niminon Suzel Pinheiro, Centro Universitário de Rio Preto.

Café cultural – Lançamento do livro Questões Indígenas e Museus – Enfoque Regional para um Debate Museológico

2 de Julho

Palestra – Título: Biografia de um Museu indígena: O Museu Kuahí dos Povos Indígenas do Baixo Oiapoque

Presença: Lux Vidal. Coordenação: Profª. Dra. Maria Cristina Oliveira Bruno.

Mesa redonda – Tema: Formação, estudo e gestão de coleções museológicas

Ione Helena Pereira Couto (Museu do Índio), Fabíola Andréa Silva (Museu de Arqueologia e Etnologia – MAE-USP), Edmundo Pereira (Museu Nacional – UFRJ), Claudia Leonor López Garcés (Museu Paraense Emilio Goeldi, MCTI). Coordenação: Robson Antônio Rodrigues (Fundação Araporã).

Mesa redonda – Tema: Museus indígenas – novos referenciais para o debate

Davi Felisberto dos Santos e Diena Macial Sfair (Museu Kuahí), Suzenalson da Silva Santos (Museu Indígena Kanindé), Heraldo Alves “Preá” (Museu Indígena Jenipapo-Kanindé), José Ronaldo Siqueira (Museu Indígena Kapinawá), Adriano Campos (T.I. Icatu), Creiles Onório Marcolino da Silva Nunes (Escola Estadual Indígena Aldeia Nimuendaju), Dirce Jorge Lipu Pereira e Lucilene de Melo (T.I. Vanuíre). Coordenação: Fabíola Andréa Silva.

Reunião de articulação da rede de museus indígenas

Davi Felisberto dos Santos e Diena Macial Sfair (Museu Kuahí), Suzenalson da Silva Santos (Museu Indígena Kanindé); Heraldo Alves Preá (Museu Indígena Jenipapo-Kanindé); José Ronaldo Siqueira (Museu Indígena Kapinawá); Adriano Cesar Rodrigues Campos, Carlos Roberto Indubrasil, Edilene Pedro, Lícia Victor, Marcio Pedro, (Escola Estadual Indígena Índia Maria Rosa, T.I. Icatu); Valdenice Cardoso Vaiti, Lidiane Damaceno Cotuí, Rosemeire Barbosa Dias e Vagner Cecílio Damaceno, (Escola Estadual Indígena Índia Vanuíre, T.I. Vanuíre);

Creiles Onório Marcolino da Silva Nunes, Claudino Marcolino, Cleidenilson Alves Marcolino, Genilson Alves Marcolino, Jederson Marcolino Simão dos Santos, Moisés de Lima Camargo, Samuel de Oliveira Honório, Tiago de Oliveira, Vanessa Cristina Feliciano, Vanderson Lourenço (Escola Estadual Indígena Aldeia Nimuendaju); David Henrique da Silva Pereira, Edileine da Silva Pereira, Valéria Erika da Silva Pereira (Escola Estadual Indígena Aldeia Ekeruá); Ana Paula Victor Campos, Adriana Victor Campos Rodrigues, Bruna Pedro, Camila Vaiti P. da Silva, Cândido Mariano Elias, Ranulfo de Camilo, Ronaldo Iaiti (T.I. Icatu); José da Silva Calmpos, Kaingang, Constantino Jorge da Silva, Dirce Jorge Lipu Pereira, Kaingang, Lucilene de Melo, Kaingang, (T.I. Vanuíre). Coordenação: Renato Amram Athias (Nepe – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Etnicidade, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE), e Alexandre Oliveira Gomes (Universidade Federal de Pernambuco – UFPE).

Fotos do evento

regua-de-logos-museu-india-vanuire-governo-sp

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.