• aplique contraste

Cestos estojiformes Karajá

“Cesto estojiforme, conhecido pelo termo Patuá. Confeccionado pelo homem segundo a técnica dobrada. A matéria prima consiste na prefoliação da palmeira de babaçu sendo as estruturas de varetas – que determinam a forma ovalada – obtidas de nervuras da palmeira tucum e da palmeira que os Karajá denominam manajá. Fios de algodão servem para a costura e cordéis de seda de buriti para as alças. Usados pelo homem casado, rapaz e mulher, destinam-se à guarda de bens delicados e preciosos: as maiores, à conservação de materiais necessários na manufatura de flechas, como penas, plumas, cipó imbé, novelo de linha de algodão, breu e ainda de adornos plumários; as menores, ao depósito de miudezas”¹.

¹Sonia Dorta;
Fotografia de Wagner Souza e Silva

regua-de-logos-museu-india-vanuire-governo-sp

Todos os direitos reservados. © Museu Índia Vanuíre 2020.